Frieze Masters

Esta parte da feira é dedicada a obras de arte desde a antiguidade até o ano de 2000. A composição dos espaços e a seleção das obras revela outro tipo de curadoria. Algumas galerias são especializadas em antiguidades, como escrituras, esculturas clássicas, ou movimentos artísticos.

Antiguidades

Para os colecionadores de objetos de valor histórico haviam várias preciosidades. A Galeria Enluminures especializada em livros medievais, trouxe obras do século XIV e uma seleção de 20 anéis importantes no império romano. Também era possível comprar uma ousada grinalda medieval da Virgem Maria, um anel renascentista opulento com esmeraldas e rubis ladeada por veados entalhados, e um anel Art Nouveau da atriz Sarah Bernhardt, seu pingente exibindo um pequeno diamante, são apenas algumas das sedutoras objetos incluídos na exposição.

 

 

A Galeria Daniel Crounch Rare Books apresentou uma seleção de mapas antigos do século XVI chamada “O grande, o belo e o barroco”.

 

 

Minimalismo

Algumas galerias, dentre as mais destacadas A Galeria Pace, com a curadoria de Adam Pendoltom fez uma seleção de obras sob o título “System subject” com Charles Gaines, Sol LeWitt e Wacław Szpakowski, obras de arte conceitual que exploram inovativos processos de fazer artístico.

 

 

 

 

Luhring Augustine apresentou uma exibição solo de Zarina com pinturas, desenho e escultura, com arte mínima e abstrata. A galeria House e Wirth apresentou a obra “Book of night and day” da artista brasileira neoconcretista Lygia Pape.

 

 

Fotografia

A Galeria alemã Bernheimer trouxe uma mostra com alguns clássicos do nu na fotografia fine art, reunindo obras de Helmut Newton, Jeanlup Sieff e Horst P. Horst.

 

 

Volpi

A Galeria Almeida e Dale fez uma exposição solo do pintor brasileiro Alfredo Volpi, segundo Mônica Tachote “O planejamento para internacionalizar o Volpi começou em 2016 quando ele fez uma exposição em Londres com a Cecilia Brunson, depois disso foram abertas frentes na europa o que levou a uma grande exposição no Museu nacional de Mônaco, os europeus são bem receptivos ao Volpi, várias galerias importantes da europa já possuem obras do artistas, mas é um trabalho longo e minucioso” diz Tachote.

 

 

Man Ray e Lee Miller

A Gagosian fez uma feliz escolha em apresentar uma seleção de trabalhos de surrealista Man Ray e a fotógrafa Lee Miller, incluindo esculturas, pinturas e fotografias segundo o curador Richard Calvocoressi. Miller foi pupila, assistente, colaboradora e amante, “A relação deles foi imortalizada e entrou para a história da arte através da fotografia, uma das marcas interessantes é o olho de Lee Miller que aparece em diversas obras de Man Ray”,  diz o curador.

 

 

Art + revolution in Haiti

A galeria Arte of Everything, fez uma seleção de trabalhos de artistas haitianos do último século. O país passou por uma revolução cultural na década de 20 após a ocupação americana no país. Um dos pintores mais destacados foi Hector Hyppolite, as pinturas trazem cenas cotidianas, pessoas, paisagens, imagens religiosas. André Breton visitou o Haiti na década de 40 e fez trabalhos em colaboração com Hyppolite, criando trabalhos que envolviam a arte surrealista e a cultura do Haiti, trazendo elementos sobrenaturais oriundos da cultura espiritual vodoo.

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.